Troca de óleo

A troca de óleo do motor é essencial para o carro e, apesar de ser um procedimento simples, pode pegar muitos motoristas desprevenidos e acarretar em um prejuízo imenso. O óleo protege o motor, reduzindo o atrito entre as partes metálicas, evita a formação de ferrugem, o acúmulo de sujeira e ajuda no resfriamento. Se você é um lambão e não se atenta para a lubrificação do propulsor, terá que lidar com as consequências do desleixo. E são muitas: formação de borra, perda de potência e até a fundir o motor.

Se o seu carro ainda estiver dentro da garantia, não deixe de seguir o plano de revisões da sua montadora. Porém, se a sua garantia já acabou, é hora de saber se virar sozinho, então siga essas dicas e certifique-se de que o seu motor tenha vida longa.

Quando trocar?

A primeira coisa é saber quando você precisa trocar o óleo do motor, informação que está no manual do seu carro. Vamos usar o Chevrolet Onix (mais vendido do país) como exemplo. Lê-se no manual do modelo:

Com o motor quente, troque o óleo a cada 5.000 km ou 6 meses, o que ocorrer primeiro, se o veículo for dirigido em “Condições de uso severo”.

Quando passarem-se 5.000 km desde a última troca, substitua o óleo. Se ainda não alcançou 5.000 km, mas já fazem 6 meses, hora de trocar também. Simultaneamente, deve-se substituir o filtro de óleo, pois ele acumula resíduos que podem contaminar o lubrificante novo.

Vale destacar: estamos usando o exemplo do Onix, que, no caso, prevê a quilometragem de 5.000 kmMas isso não se aplica a todos os modelos. CONSULTE O MANUAL DO SEU CARRO. 

Solicitar agendamento

<
Fale Conosco

Fale Conosco

Interesse em veículos e revisões

Estamos no Whatsapp